fundo

Caligari!

Um dos primeiros filmes de terror da história, O gabinete do doutor Caligari (1920), de Robert Wiene, é considerado a base do cinema noir e dos thrillers psicológicos. Agora, esse clássico do cinema ganha uma releitura do artista gráfico e quadrinista paulistano Alexandre Teles. Por mais de três anos, Teles recriou frames do filme utilizando a técnica de monotipia. São mais de 600 imagens, que transferem para as páginas do livro o universo onírico e sombrio do filme.

 

Sobre o autor: Alexandre Teles tem 37 anos e é artista plástico e quadrinista, autor de O (Balão Editorial, 2014).


Preço: R$ 69,90

  • 336 páginas
  • Categoria: história em quadrinhos
  • Autor: Alexandre Teles

NA IMPRENSA

“É simplesmente impressionante esse mundo recriado por Alê Teles” Lourenço Mutarelli