fundo

Viva a revolução!

O radicalismo de Robert Crumb

 Novo livro do artista norte- americano trata de temas como feminismo, racismo e extremismos políticos

 Um dos mais importantes autores vivos de histórias em quadrinhos no mundo, Robert Crumb ficou famoso pelo humor ácido de suas histórias e pelo olhar crítico e irônico ao american way of life. Viva a Revolução, coletânea de histórias selecionadas especialmente para o público brasileiro, mostra porque ele é considerado um dos principais críticos sociais norte-americanos e foi incluído no livro “As 100 pessoas que mudaram a história da América no século XX”, de Mary Cross.

Organizado pelo editor Rogério de Campos, que também assina o prefácio, o livro é carregado do humor sarcástico de Crumb e traz uma visão contundente a respeito de temas como feminismo, racismo, extremismos políticos, poluição, violência policial e consumismo. A heroína feminista e libertária Lenore Goldman, o ingênuo ativista Projunior e Frosty, o boneco de neve guerrilheiro, são alguns dos personagens da obra. Além do próprio Robert Crumb, que aparece em histórias autobiográficas discutindo seus problemas com as feministas e com o sucesso.


Preço: R$ 89,90

  • HQ
  • 144 páginas
  • Autor: Robert Crumb
  • Capa dura